Vitimas de naufrágio do barco pesqueiro “Anjo Gabriel” são identificados hoje (05) pelas famílias

Abalados, os parentes afirmaram que as primeiras vítimas identificadas são Natalino Morita, Rogério Viana e Vandir Assunção do Carmo

Abalados, os parentes afirmaram que as primeiras vítimas identificadas são Natalino Morita, Rogério Viana e Vandir Assunção do Carmo

O Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) encontrou nesta sexta-feira (5) três corpos durante buscas aos ocupantes do barco Anjo Gabriel I, desaparecido em Bertioga no sábado (3), e confirmou que pelo menos dois deles são de passageiros da embarcação.
Segundo o GBMar, os dois primeiros cadáveres localizados estavam com coletes salva-vidas, mas, o terceiro, não. A confirmação de que as primeiras vítimas são do naufrágio do barco se deram por conta de algumas características, mas a identificação correta será feita apenas no Instituto Médico Legal (IML).
Ainda de acordo com o GBMar, o terceiro corpo é de um homem com uma blusa e uma bermuda pretas.
Os dois primeiros corpos resgatados foram localizados entre a Laje de Santos e a Ilha de Montão de Trigo. O primeiro estava a 9 quilômetros do rochedo da Laje, localizada a 42 quilômetros da costa. Ele foi retirado do mar pela tripulação do Navio Patrulha Oceânico (NPaOc), deslocado do Rio de Janeiro para ajudar nas buscas.
O segundo foi localizado nas proximidades da Ilha de Montão de Trigo, que fica na enseada de Bertioga, no caminho para o Arquipélago de Alcatrazes, a partir do Litoral Sul. Este foi achado por um grupo de busca voluntário. Uma equipe do Grupamento Marítimo do Bombeiros (GBMar) o retirou da água.
As buscas continuam ininterruptas, de acordo com a Autoridade Marítima, até a localização das demais pessoas que estavam a bordo. Nos últimos três dias, destroços da embarcação foram encontrados pelas equipes e recolhidos do mar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam