Projeto Al Mar de Caraguatatuba presta homenagem ao Instituto Gabriel Medina em São Sebastião

No evento de inauguração, que contou com a participação da mídia esportiva brasileira e autoridades políticas de São Sebastião, o arquiteto, artista plástico, surfista e ambientalista, Mauro Apingorá, aproveitou para falar com Gabriel Medina sobre o projeto Al Mar. Medina demonstrou interesse pelo projeto, que visa a proteção da Mata Atlântica, das praias, costões e mares

O idealizador do projeto Al Mar, Mauro Apingorá, de Caraguá, presenteou o Instituto Gabriel Medina, inaugurado na terça-feira, 31/01, em Maresias, São Sebastião. Gabriel Medina recebeu pessoalmente a escultura de madeira com a logomarca do Instituto e agradeceu. A homenagem teve como objetivo divulgar e atrair parceiros para as ações de educação ambiental do Projeto.
No evento de inauguração, que contou com a participação da mídia esportiva brasileira e autoridades políticas de São Sebastião, o arquiteto, artista plástico, surfista e ambientalista, Mauro Apingorá, aproveitou para falar com Gabriel Medina sobre o projeto Al Mar. Medina demonstrou interesse pelo projeto, que visa a proteção da Mata Atlântica, das praias, costões e mares.
O projeto também foi apresentado para o cantor Gabriel Pensador e para alguns ícones do surf presentes, como o Alemão de Maresias, campeão de vários torneios de ondas gigantes; o campeão tetraplégico Otaviano Bueno e a campeã de surf femininino Alana Pacelli, todos apoiando a causa.
Conforme explica Apingorá, a ideia é a de promover a saúde de ecossistemas marinhos, usando a educação ambiental como ferramenta de mudanças de atitudes, com ações de conscientização ambiental, incentivando novos hábitos e comportamentos do público nos ambientes naturais.
No projeto, estão previstos o ecoturismo em trilhas monitoradas, a participação em eventos, mutirões de limpeza, instalação de placas informativas e lixeiras. “Precisamos mudar a atitude das pessoas que curtem a natureza mas não sabem como cuidar dela. Nossa proposta é reconectar as pessoas à natureza. Acreditamos que ao vivenciar atividades junto ao meio ambiente, o homem passa a valorizar os nossos patrimônios naturais”, comenta.
O projeto Al Mar vem realizando mutirões de limpeza nas praias Brava e Martim de Sá, Manguezal do Camaroeiro, Lagoa do Capricórnio, foz dos rios Juqueriquerê e Santo Antônio e outros, por meio de voluntários, evitando que o lixo deixado por banhistas atinja o mar e afete a vida marinha e a saúde do meio ambiente.
Também e parte do projeto Al Mar o trabalho de artes plásticas feito por Apingorá com madeiras de embarcações descartadas nas praias, que são tratadas e transformadas em belos quadros e esculturas.
Mauro vem buscando parceiros e patrocinadores para o projeto. Para ser parceiro do projeto Al Mar basta acessar projeto@almar ou fazer contato pelo telefone 12 98167-3159. “O Al Mar veio para discutir valores, pensar, questionar, mudar hábitos e conceitos, por atitudes sustentáveis, com uma nova cultura de praia, sempre em defesa dos Recursos Naturais e nossos ambiente marinhos”, frisou.
Foto: Divulgação/Beth Dalcin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam