Prefeitura de Ubatuba reduz em 10% os salários do prefeito e servidores comissionados para conter a crise economica do governo petista de Dilma

A prefeitura de Ubatuba deve adotar outras medidas para economizar. Entre as ações, estão a renegociação de contratos de aluguel de imóveis, redução de diárias, viagens, corte de horas extras e controle de pedidos. O prefeito acredita que, somadas, essas medidas devem gerar uma economia de até R$ 5 milhões em seis meses. A readequação nos salários não atinge os 1.841 servidores concursados da prefeitura(Na foto o prefeito de Ubatuba Mauricio (PT) com a presidente Dilma em campanha eleitoral

A prefeitura de Ubatuba deve adotar outras medidas para economizar. Entre as ações, estão a renegociação de contratos de aluguel de imóveis, redução de diárias, viagens, corte de horas extras e controle de pedidos. O prefeito acredita que, somadas, essas medidas devem gerar uma economia de até R$ 5 milhões em seis meses. A readequação nos salários não atinge os 1.841 servidores concursados da prefeitura(Na foto o prefeito de Ubatuba Mauricio (PT) com a presidente Dilma em campanha eleitoral)

Prefeitura de Ubatuba reduz em 10% os salários do prefeito, do vice e de 161 servidores comissionados. A estimativa é que a medida gere economia de R$ 450 mil por mês com a folha de pagamento e entrara em vigor já no dia 01 de setembro.
Segundo o prefeito, Maurício Moromizato (PT), a intenção é economizar durante o período de crise e, com isso manter os serviços e os investimentos.
A prefeitura de Ubatuba deve adotar outras medidas para economizar. Entre as ações, estão a renegociação de contratos de aluguel de imóveis, redução de diárias, viagens, corte de horas extras e controle de pedidos. O prefeito acredita que, somadas, essas medidas devem gerar uma economia de até R$ 5 milhões em seis meses. A readequação nos salários não atinge os 1.841 servidores concursados da prefeitura.
Os comissionados estão sem reajuste salarial há três anos em Ubatuba. “Eu entendo que o poder de compra deles foi reduzido neste período, mas não haverá excessões [desta decisão], quem não aceitar [a redução do salário] vai ser desligado. Não haverá exceções”, afirmou.
O salário atual do prefeito é de R$ 15 mil e do vice R$ 9 mil. Eles vão passar a receber R$ 13,5 mil e R$ 7.650 em setembro.

Foto: Divulgação Facebook de Mauricio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam