Polícia indicia a União do Litoral e o gerente de manutenção pelo acidente do ônibus que matou 17 estudantes na Rodovia Mogi-Bertioga

Parentes das vítimas do acidente com o onibus da União do Litoral que matou 17 estudantes e o motorista, fizeram um protesto hoje (08) em frente ao Fórum de São Sebastião

A polícia responsabilizou a União do Litoral e o gerente de manutenção da empresa pelo acidente por falta de manutenção e também a perícia apomtou que o ônibus estava acima do limite de velocidade e que apresentava desgaste excessivo dos freios dianteiros.
O ônibus da empresa União do Litoral capotou e caiu em um barranco em junho de 2016 matando oss 17 passageiros e o motorista.
Os Parentes das vítimas do acidente fizeram um protesto hoje (08) em frente ao Fórum de de São Sebastião pedindo Justiça.
Foto: Divulgação/ Margarida Ferreira

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam