Missa de 80 anos da Festa de Sant’ana em Toque Toque Grande resgata a tradição Catolica de São Sebastião

De acordo com o pároco da Igreja Matriz de São Sebastião, Elimar de Azevedo Ferreira, que celebrou a missa, a festa é um resgate das raízes históricas do povo caiçara, uma memória transmitida de geração em geração.  Amanda Couto, moradora em Toque-toque, é um dos muitos exemplos disso.  “Participar da missa é uma tradição em nossa família e é sempre muito comovente prestigiar esta celebração”, comentou

De acordo com o pároco da Igreja Matriz de São Sebastião, Elimar de Azevedo Ferreira, que celebrou a missa, a festa é um resgate das raízes históricas do povo caiçara, uma memória transmitida de geração em geração. Amanda Couto, moradora em Toque-toque, é um dos muitos exemplos disso. “Participar da missa é uma tradição em nossa família e é sempre muito comovente prestigiar esta celebração”, comentou

A celebração de 80 anos da tradicional Festa de Sant’ana, realizada pela sociedade Amigos do Bairro de Toque-toque Grande, na Costa Sul, com o apoio da prefeitura de São Sebastião, por meio da Sectur (Secretaria de Cultura e Esporte), envolveu a comunidade durante todo o final de semana.

Centenas de pessoas entre moradores e visitantes estiveram reunidas para louvar a santa co-padroeira e protetora  do bairro aproveitando. Uma praça de alimentação com suas várias barracas de comidas e bebidas típicas, entre elas o tradicional boi na brasa, preparado e assado na hora, além de sorteios de prêmios e apresentações musicais com as bandas locais completaram a programação festiva.

Missa campal

Após a missa, a comunidade saiu em procissão pelas ruas do bairro com a participação das crianças vestidas de anjos ao som da Banda Municipal Maestro Manoel Ladislau de Mattos

Após a missa, a comunidade saiu em procissão pelas ruas do bairro com a participação das crianças vestidas de anjos ao som da Banda Municipal Maestro Manoel Ladislau de Mattos

Na manhã de domingo (26), os fiéis se concentraram em frente à capela de Nossa Senhora Imaculada Conceição onde foi celebrada missa campal em homenagem à Sant’ana.

Os devotos acompanharam a celebração em oração e louvor; houve ainda a tradicional ladainha, cantada por todos em um ato de amor e fé à santa mãe de Maria e avó de Jesus Cristo.

Após a missa, a comunidade saiu em procissão pelas ruas do bairro com a participação das crianças vestidas de anjos ao som da Banda Municipal Maestro Manoel Ladislau de Mattos.

De acordo com o pároco da Igreja Matriz de São Sebastião, Elimar de Azevedo Ferreira, que celebrou a missa, a festa é um resgate das raízes históricas do povo caiçara, uma memória transmitida de geração em geração.  Amanda Couto, moradora em Toque-toque, é um dos muitos exemplos disso.  “Participar da missa é uma tradição em nossa família e é sempre muito comovente prestigiar esta celebração”, comentou.

O morador José Carlos de Andrade, 29, vai além em sua afirmação. “A festa além de uma bela homenagem à santa, não deixa de ser uma grande confraternização entre amigos”, disse.

O padre finalizou o encontro com benção especial a todos os avós presentes e ainda cantou com os fiéis, o parabéns à Santana.

 (CC/RF)

Foto: Divulgação/Facebook da Festa De Sant’ana Toque Toque Grande

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam