Justiça condenou a 18 anos de prisão o motorista acusado de matar atropelado um adolescente de 17 anos em Ubatuba

Leonardo Santos foi atropelado três vezes ao tentar intervir em uma discussão no centro da cidade. Renato Reingruber e Rafael Abrahão, de 19 e 20 anos, foram autuados por homicídio doloso (quando há intenção de matar).A mãe da vítima, Sebastiana Conceição, disse que o crime foi uma brutalidade. “Ele tentou intervir para ajudar. Meu filho não era de se envolver em confusão, era um menino trabalhador. Não fazia mal a ninguém”, diz

Justiça condenou a 18 anos de prisão o motorista acusado de matar atropelado um adolescente de 17 anos em Ubatuba em 2016. Renato Reingruber Fevereiro dirigia o carro dos pais quando se envolveu em uma discussão no trânsito e atropelou o adolescente três vezes – uma delas atingiu a cabeça da vítima. O jovem está preso em São Paulo desde setembro de 2016.
Renato foi a júri popular no último dia 26 no fórum de Ubatuba. Os jurados decidiram por maioria dos votos pela condenação do jovem por homicídio qualificado. Ele vai permanecer preso em regime fechado.
Para a família de Leonardo Santos, que acompanhou o julgamento, o desfecho traz a sensação de justiça. “Meu filho estava começando a vida quando foi morto de forma brutal e covarde. Ele não vai voltar, mas pelo menos quem fez isso com ele vai pagar. Espero que cumpra a pena até o fim para que a gente tenha o mínimo, que é a sensação de justiça” disse Sebastiana da Conceição Prado, mãe da vítima.
Foto: Divuldação/ Facebook de Leonardo Santos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam