Justiça condena empresa de onibus que matou 15 turistas em acidente na praia de Trindade em Paraty

O fato ocorreu em 06 de setembro de 2014, quando um ônibus que fazia a linha que transportava turistas de Paraty as praias de Trindade, o motorista perdeu o controle do veiculo causando a morte de 15 pessoas e ferindo 62

O fato ocorreu em 06 de setembro de 2014, quando um ônibus que fazia a linha que transportava turistas de Paraty as praias de Trindade, o motorista perdeu o controle do veiculo causando a morte de 15 pessoas e ferindo 62

O Juiz Paulo Eduardo de Almeida Chaves Marsiglia, da 1ª Vara Cível de Ferraz de Vasconcelos/SP, condenou a empresa Colitur Transportes Rodoviários, a pagar o valor de R$ 200 mil reais por danos morais e materiais a mãe de B.M.S, um dos mortos no acidente de ônibus ocorrido em Paraty/SP.

O fato ocorreu em 06 de setembro de 2014, quando um ônibus que fazia a linha que transportava turistas de Paraty as praias de Trindade, o motorista perdeu o controle do veiculo causando a morte de 15 pessoas e ferindo 62.

O advogado Ademar Gomes, que representa a maioria das vitimas irá recorrer do valor da indenização arbitrada pelo Juiz, segundo ele
“é obrigação do transportador levar o passageiro são e salvo até o seu destino final”.

Acidente gravissimo com onibus deixa 14 mortos e 30 feridos hoje (06) na Rodovia Rio-Santos em Trindade

Foto: Carlos Valim/Folha do Litoral Norte

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam