Exposição traz piloto sobrevivente do acidente aéreo em 1957 na Praia da Baleia em São Sebastião

A exposição será realizada nos dias 21 e 22 deste mês, no Museu da FundaMar, na Praia Grande – Balneário dos Trabalhadores – , na região central da cidade

A exposição será realizada nos dias 21 e 22 deste mês, no Museu da FundaMar, na Praia Grande – Balneário dos Trabalhadores – , na região central da cidade

A inauguração de exposição no Museu da Fundamar, nos dias 21 e 22, vai trazer Heinz Erick, 80, que contará sobre o pouso forçado que foi obrigado a realizar em 1957, na Praia da Baleia, Costa Sul de São Sebastião.

Erick fazia parte da tripulação que fez um pouso de emergência de um avião da Real Aerovias, com destino Buenos Aires|Miami. Com perícia e habilidade, a tripulação conseguiu salvar a vida de 30 passageiros.

Sílvio De Angelis Júnior, responsável pela Fundamar, conveniada à Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), foi quem fez o convite ao copiloto para retornar à cidade onde teve essa experiência, para inauguração de um painel e exposição sobre o ocorrido.

De Angelis conta que a vinda de Erick também será aproveitada para registro em vídeo, que pretende transformar em um documentário sobre acidentes aéreos e náuticos na região. “Quero registrar os acidentes aéreos que caíram no mar de São Sebastião. Esse é só um deles”, comentou Sílvio, que pretende documentar o depoimento do copiloto sobrevivente ao levá-lo exatamente no local do acidente, na Praia da Baleia.

Acidente

Era 2 de novembro de 1957, quando Erick seguia em um quadrimotor de Buenos Aires para Miami, com escala no Rio de Janeiro, e foi obrigado a fazer uma aterissagem de emergência, em razão de pane e fogo nos motores. A aterrissagem inesperada ocorreu a 300 metros da Praia da Baleia, Costa Sul sebastianense.
Na ocasião, a tripulação era formada pelo comandante Dalvaro Ferreira Lima, primeiro oficial Cavalcanti, os copilotos Heinz Erick e Mueller, radiotelegrafistas Evangelista e Bellini, e os comissários Antônio e Maria, que conseguiram salvar todos os 30 passageiros.

Serviço: A exposição será realizada nos dias 21 e 22 deste mês, no Museu da FundaMar, na Praia Grande – Balneário dos Trabalhadores – , na região central da cidade.

Foto: Divulgação/PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam