Ex-mulher do policial assassinado em Juquehy faleceu vitima de infecção onde estava internada desde sábado (23) na UTI do hospital de Londrina (PR)

Policial civil Antonio Crepaldi que era escrivão da Delegacia de Polícia de Boiçucanga na Costa Sul de São Sebastião, morreu por volta das 22h deste domingo (24) após ser baleado por três bandidos na praia de Juquehy

Policial civil Antonio Crepaldi que era escrivão da Delegacia de Polícia de Boiçucanga na Costa Sul de São Sebastião, morreu por volta das 22h deste domingo (24) após ser baleado por três bandidos na praia de Juquehy

Diferente das informações publicadas nesta terça-feira dia 26, a professora e empresária Márcia Cristina dos Santos Grion, moradora em Adamantina, faleceu em Londrina (PR) em consequência de complicações advindas na internação em um hospital naquela cidade. A informação inicial, publicada pelo Portal de Notícias Bastos Já, através de matéria de órgão de imprensa regional, era de que a professora havia falecido após saber da morte de seu ex-marido, o escrivão de polícia Antônio Aparecido Crepaldi, que foi assassinado numa ocorrência policial em Juquehy no domingo (24).
Segundo a filha da professora, a enfermeira Nathália Grion Crepaldi, a professora e empresária Márcia Cristina dos Santos Grion estava internada na UTI de um hospital de Londrina desde sábado (23) e passou mal em consequência de complicações decorrentes de uma infecção, vindo falecer aos 54 anos de idade. O corpo de Márcia Cristina dos Santos Grion foi velado e sepultado em Adamantina nesta terça-feira dia 26.
O escrivão de polícia Antonio Aparecido Crepaldi, ex-marido da professora e pai de Nathália, morava em Juquehy onde no sábado (23) ao atender uma ocorrência policial foi baleado e não resistiu aos ferimentos vindo a falecer no domingo (24).
Empresaria e professora
Márcia Cristina dos Santos Grion era proprietária das escolas de idiomas Fisk de Osvaldo Cruz e Salmourão. Era ainda titular do cargo de professora na escola Estadual “Durvalino Grion” de Adamantina. Nathália, filha da professora Márcia Cristina dos Santos Grion e do escrivão de polícia Antônio Aparecido Crepaldi acompanhou o velório e sepultamento do pai nesta segunda-feira (25) em Itupeva, e o sepultamento da mãe em Adamantina nesta terça-feira (26).

Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam