Embarcação bateu hoje (13) em uma parede de pedras e afundou com as 24 pessoas à bordo em São Sebastião

Pessoas estavam com coletes e foram resgatadas por duas embarcações

Pessoas estavam com coletes e foram resgatadas por duas embarcações

Vinte e quatro pessoas foram resgatadas do mar após a escuna em que eles estavam afundar em São Sebastião. O caso aconteceu na madrugada de domingo (13) quando o grupo fazia a travessia da Praia da Figueira, em São Sebastião, a Ilhabela.
De acordo com o Salvamar, a embarcação seguia para Ilhabela quando bateu em uma parede de pedras e afundou com as 24 pessoas à bordo. Todas usavam coletes e foram resgatadas do mar, sem ferimentos. Todas as pessoas foram levadas de volta para a praia da Figueira.

A Capitania dos Portos, em São Sebastião, divulgou duas notas a respeito dos acidentes ocorridos nos últimos dias em Ubatuba e Ilhabela.

Fato ocorrido com embarcação nas proximidades da Ilha da Vitória, Ubatuba/SP

A Marinha do Brasil, por meio da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, informa que tomou conhecimento, na noite de domingo, por volta de 20:30, por intermédio da Operadora de Rádio “DELTA 24”, que uma embarcação, com 07 pessoas, de nome “KALUMAR”, à deriva e entrando água, nas proximidades da Ilha da Vitória, no município de Ubatuba/SP.

A “DELTA 24” acionou também o Corpo de Bombeiros, que enviou uma equipe ao local. Às 21:00, a Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, enviou uma diligência ao local para maiores esclarecimentos e auxílios necessários. Às 21:40, “DELTA 24” informou que o barco pesqueiro “Comandante Antunes”, estava no local efetuando o resgate do pessoal. Às 23:00, o barco pesqueiro “Comandante Antunes”, realizou os preparativos para reboque da embarcação sinistrada e as pessoas foram levadas, em segurança, pela embarcação do Corpo de Bombeiros, à Praia de Tabatinga.

A Marinha do Brasil irá instaurar Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), com o propósito de esclarecer as circunstâncias do acidente, cuja conclusão deverá advir em 90 dias, bem como verificar as condições em que se encontrava a embarcação, quanto às habilitações da tripulação, aos documentos e às condições materiais da embarcação, inclusive de salvatagem, os quais constarão do supracitado Inquérito Administrativo.

Por fim, a Marinha do Brasil ressalta quanto à importância de se cumprir as Normas da Autoridade Marítima, a fim de salvaguardar as vidas humanas e de garantir uma navegação segura, incrementando, desta forma, uma mentalidade de segurança aos profissionais de navegação e usuários que utilizam este meio de transporte.

Acidente com embarcação nas proximidades da Praia da Fome em Ilhabela/SP

A Marinha do Brasil, por meio da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, informa que tomou conhecimento, na madrugada de domingo, por intermédio de São Sebastião Rádio, que por volta das 0400h, do dia 13/SET, um acidente, com uma escuna, teria ocorrido nas proximidades da Praia da Fome em Ilhabela/SP, com aproximadamente 26 pessoas.

Em seguida, conseguiu-se confirmar maiores informações pelo contato telefônico recebido do Corpo de Bombeiros. Imediatamente, às 06:30hs, uma diligência foi enviada ao local para maiores esclarecimentos e auxílios necessários. Chegando ao local, foi percebido que a embarcação se tratava de uma escuna, de nome “DONGUINHO”, que se colidiu entre as pedras e por conseguinte veio a naufragar.

Todos os tripulantes e passageiros, conseguiram se salvar nadando até a praia. O Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba realizou o resgate das pessoas até o continente. A Marinha do Brasil irá instaurar Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), com o propósito de esclarecer as circunstâncias do acidente, cuja conclusão deverá advir em 90 dias, bem como verificar as condições em que se encontrava a embarcação, quanto às habilitações da tripulação, aos documentos e às condições materiais da embarcação, inclusive de salvatagem, os quais constarão do supracitado Inquérito Administrativo.

Por fim, a Marinha do Brasil ressalta quanto à importância de se cumprir as Normas da Autoridade Marítima, a fim de salvaguardar as vidas humanas e de garantir uma navegação segura, incrementando, desta forma, uma mentalidade de segurança aos profissionais de navegação e usuários que utilizam este meio de transporte.

Fonte: Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião – Marinha do Brasil

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam