Concurso para sargentos do Exército Brasileiro contempla ingresso de mulheres na linha militar bélica

Com cerca de 92.000 candidatos, dos quais cerca de 17.000 são mulheres, a concorrência entre as candidatas foi um dos aspectos que surpreendeu muito positivamente, pois a relação candidata/vaga supera a concorrência esperada nas principais universidades do País. Só para a linha combatente totalizou-se cerca de 12.500 inscritas, as quais concorrerão para as 70 vagas destinadas ao Ensino Militar Bélico, o que reflete uma proporção de 179 candidatas por vagas

Com cerca de 92.000 candidatos, dos quais cerca de 17.000 são mulheres, a concorrência entre as candidatas foi um dos aspectos que surpreendeu muito positivamente, pois a relação candidata/vaga supera a concorrência esperada nas principais universidades do País. Só para a linha combatente totalizou-se cerca de 12.500 inscritas, as quais concorrerão para as 70 vagas destinadas ao Ensino Militar Bélico, o que reflete uma proporção de 179 candidatas por vagas

O Exército Brasileiro, por meio da Escola de Sargentos das Armas (EsSA), realizará no próximo dia 09 de outubro do corrente ano, o Concurso de Admissão 2016 aos cursos de Formação de Sargentos 2017-18.

Neste ano, o interesse dos jovens candidatos superou todas as expectativas, pois houve um acréscimo de quase 100% no número de inscrições. De forma inédita, destinaram-se vagas ao ingresso de mulheres na Linha do Ensino Militar Bélico.

Com cerca de 92.000 candidatos, dos quais cerca de 17.000 são mulheres, a concorrência entre as candidatas foi um dos aspectos que surpreendeu muito positivamente, pois a relação candidata/vaga supera a concorrência esperada nas principais universidades do País. Só para a linha combatente totalizou-se cerca de 12.500 inscritas, as quais concorrerão para as 70 vagas destinadas ao Ensino Militar Bélico, o que reflete uma proporção de 179 candidatas por vagas.

Vencida a primeira fase de provas intelectuais, as candidatas aprovadas passarão por inspeções de saúde e exames de aptidão física. O primeiro ano de formação ocorrerá em Organizações Militares de Juiz de Fora (10º Batalhão de Infantaria Leve e 4º Grupo de Artilharia de Campanha Leve) e do Rio de Janeiro (1º Grupo de Artilharia Antiaérea). No segundo ano, as alunas darão continuidade ao curso de formação na Escola de Sargentos de Logística, no Rio de Janeiro, ou no Centro de Instrução de Aviação do Exército, em Taubaté.

Durante a formação, as mulheres seguirão as mesmas rotinas dos homens, vivendo o regime de internato e seguindo os mesmos valores e princípios cultuados na caserna, como o patriotismo, civismo, amor à profissão, dedicação integral à pátria, espírito de sacrifício, lealdade, companheirismo, responsabilidade, probidade e camaradagem.

Outras informações poderão ser obtidas pelo endereço eletrônico do Exército Brasileiro: www.eb.mil.br, no “link” Ingresse no Exército ou da Escola de Sargentos das Armas: www.esa.ensino.eb.br, no “link” Concurso de Admissão – Curso de Formação de Sargentos.

Foto: Divulgação/Exército Brasileiro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam