Charlie Brown vence a primeira bateria do Oi SuperSurf 2015 na Praia de Maresias em São Sebastião

Charlie Brown ganha a única bateria disputada na quarta-feira (15), a competição foi interrompida por falta de ondas na praia de Maresias em São Sebastião

Charlie Brown ganha a única bateria disputada na quarta-feira (15), a competição foi interrompida por falta de ondas na praia de Maresias em São Sebastião

O cearense Charlie Brown venceu a primeira bateria do Oi SuperSurf 2015, porém as condições do mar estavam difíceis na Praia de Maresias e a competição teve que ser adiada para as 7h da quinta-feira em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. As ondas muito pequenas, com séries demoradas, não era o que todos esperavam encontrar no lugar onde rolam um dos melhores tubos do país, mas o surfe é um esporte que depende da Natureza e o mar não colaborou no primeiro dia. Mesmo assim, o clima na praia era de felicidade por parte dos surfistas pela volta do evento que marcou época na história da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), promovendo o circuito nacional mais rico do mundo entre 2000 e 2009.

Embora a expectativa dos surfistas fosse a de cair o mais rápido no mar, as condições climáticas não foram favoráveis e no período da manhã foram realizadas apenas duas baterias. Com poucas ondas, a organização do evento teve de adiar as próximas baterias para esta quinta-feira(16) a partir das 7h.

O sebastianense Fábio Pereira, 19 anos, foi um dos que conseguiu participar da primeira bateria na disputa com mais três atletas. “É um campeonato de alto nível, mas, como estarei praticamente no quintal da minha casa vou dar o melhor para buscar  boas ondas e contar com o apoio de todos os amigos que estão na torcida”, destacou.

Para esta primeira etapa do que é considerado o campeonato nacional da modalidade foram confirmados 160 surfistas de 13 estados brasileiros divididos em quatro fases de 16 baterias, com limite máximo de 20 minutos cada.

Até o próximo domingo, último dia de competições, São Sebastião será representada pelos atletas Fábio Pereira, Robson Santos, Tiago Camarão, Adriano Camargo, Felipe Oliveira, Samuel Pupo (convidado) e Renan Argemino como alternate – na linguagem do surfe um reserva caso algum atleta não possa participar da bateria.

O secretário de Esportes e Governo, Fábio Lopez, ressaltou que São Sebastião vive um momento único com o retorno do SuperSurf, no município. “É um evento que traz atletas de alto nível para a cidade, propiciando que jovens troquem experiências com surfistas renomados e tenham contato com um evento desta grandeza. A prefeitura fez um esforço muito grande para trazer esse campeonato para São Sebastião com o objetivo de estimular ainda mais o turismo da cidade”, explicou.

O “Oi SuperSurf” tem apoio da Prefeitura de São Sebastião. É realizado com patrocínio da empresa “Oi” por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e da marca Smolder de surfwear; Associação Brasileira de Surf Profissional em conjunto com a Revista Hardcore e produção da Casa da Árvore.

Até o mês de outubro o campeonato terá mais três etapas a próxima será entre os dias 12 e 16 de agosto na Praia Grande, em Ubatuba (SP); em Florianópolis (SC) na Praia da Joaquina de 9 a 13 de setembro e em Saquarema (RJ) na Praia de Itaúna de 14 a 18 de outubro.

O evento será transmitido ao vivo na internet pelo http://oisupersurf.com.br/

(RI/JC)
CONFIRA AS BATERIAS DA PRIMEIRA ETAPA DO SUPER SURF
PRIMEIRA FASE – 3.o=129.o lugar (260 pontos) / 4.o=145.o lugar (160 pontos):
1.a: Bruno Rodrigues (9,00), Charlie Brown (14,67), Flavio Costa (8,97), Fabio Pereira (8,06)
2.a: Carlos Eduardo (SP), Guilherme Lopes (RJ), Paulo Andrade (PE), Ulisses Meira (PB)
3.a: Amani Valentim (PR), Jonas Tatuíra (SC), José Francisco Fininho (RJ), Emerson Santos (SP)
4.a: Alan Jhones (RN), Junior Lagosta (PE), Gabriel Galdino (SC), Eduardo Amorim (SC)
5.a: Leandro Bastos (RJ), Wesley Leite (SP), Marinho Lima (RN), Kallebe Kymerson (ES)
6.a: Rodolfo Queiroz (RJ), Robson Gobbato (RS), Felipe Ximenes (SC), Nathan Brandi (SP)
7.a: Hugo Netto (RJ), Paulo Maia (SP), Patrick Tamberg (FN), Magno Pacheco (SP)
8.a: José Eduardo Fernandes (RJ), Krystian Kymerson (ES), Mariano Arreyes (RJ), Samuel Pupo (SP)
9.a: Johnny Lacerda (SP), Eric de Souza (RJ), Gustavo Ribeiro (SP), Cleiton Felix (SP)
10: Icaro Lopes (CE), Netto Moura (SP), Thiago Barcellos (RJ), Danilo Costa (RN)
11: Jeronimo Vargas (RJ), Costinha (SP), Bernardo Pigmeu (PE), Josias Pedrinha (RS)
12: Michel Roque (CE), Rodrigo Farias (SC), Matheus Farias (RJ), Maicol Santos (SP)
13: Marcus Cintra (CE), Phillipe Chagas (SP), Peterson Crisanto (PR), Jofrey Seibel (SC)
14: Felipe Alberto (SC), Edgard Groggia (SP), Pablo Paulino (CE), Eloin Travisani (SC)
15: Victor Ribas (RJ), Lucas Pazolini (ES), Halley Batista (PE), Adriano Camargo (SP)
16: Hugo Bitencourt (RJ), Adilton Mariano (CE), Giuliano Arreyes (RJ), Davio Figueiredo (RJ)
SEGUNDA FASE – Pré-classificados – 3.o=97.o lugar (408 pontos) / 113.o lugar (312 pontos):
1.a: André Luiz (SC) e Heitor Alves (CE)
2.a: Gabriel Ferreira (SP) e Gustavo Fernandes (RJ)
3.a: Wallace Junior (BA) e Felipe Oliveira (SP)
4.a: Marcio Freitas (CE) e Marcelo Trekinho (RJ)
5.a: Kadu Medeiros (SP) e Bruno Moraes (SC)
6.a: Kaique Oliveira (SC) e Yage Araujo (BA)
7.a: Gilmar Silva (SP) e Pedro Norberto (SC)
8.a: Pedro Neves (RJ) e Arno Anheli (SP)
9.a: André Gonçalves (SC) e Icaro Rodrigues (SP)
10: Arthur Souza (CE) e Maxsswell Ribeiro (SP)
11: Douglas Silva (PE) e Gabriel Adisaka (SP)
12: Duda Carneiro (CE) e Itim Silva (CE)
13: Geovane Ferreira (SP) e Raoni Monteiro (RJ)
14: Anselmo Correia (RJ) e Leonardo Neves (RJ)
15: Alan Marcos (SC) e Jonatan Busetti (SC)
16: Gustavo Sanches (SP) e Jean da Silva (SC)

TERCEIRA FASE – Pré-classificados – 3.o=65.o lugar (960 pontos) / 4.o=81.o lugar (512 pontos):
1.a: Deivid Silva (SP) e Juliano Uzuelli (SP)
2.a: Julio Terres (SC) e Tânio Barreto (AL)
3.a: Cauê Wood (SC) e Rafael Teixeira (ES)
4.a: Victor Valentim (PR) e Felipe Alves (CE)
5.a: David Silva Filhão (SP) e Leandro Cruz (SP)
6.a: Alessandro Puga (PR) e Artur Silva (CE)
7.a: Dodô Veiga (SP) e André Moi (SC)
8.a: Hizunomê Bettero (SP) e Cezar Aguiar (PE)
9.a: Paulo Moura (PE) e Frank Cordeiro (PE)
10: Lucas Santos (SP) e Eduardo Barrionuevo (SP)
11: Tomas Hermes (SC) e Marco Aurélio (SP)
12: Saulo Junior (SP) e Leo Andrade (BA)
13: Lucas Silveira (RJ) e Alon Campestrini (SC)
14: Ian Gouveia (PE) e Igor Morais (RJ)
15: Simão Romão (RJ) e Edher Reis (SP)
16: Thiago Camarão (SP) e Yan Daberkow (SC)

QUARTA FASE – Cabeças de Chave – 3.o=33.o lugar (1.920 pontos) / 4.o=49.o lugar (1.440 pontos):
1.a: Jihad Khodr (PR) e Tamaê Bettero (SP)
2.a: Alandreson Martins (BA) e Caetano Vargas (PR)
3.a: Thiago Guimarães (SP) e Dunga Neto (CE)
4.a: Renato Galvão (SP) e Alex Lima (SC)
5.a: Messias Felix (CE) e Ricardo Ferreira (SP)
6.a: Samuel Igo (PB) e Sidney Guimarães (SP)
7.a: Luan Carvalho (SP) e Luciano Brulher (SP)
8.a: David do Carmo (SP) e Cainã Barletta (SC)
9.a: Robson Santos (SP) e Diego Rosa (SC)
10: Matheus Navarro (SC) e Artur Aguiar (SP)
11: Bruno Galini (BA) e Willian Cardoso (SC)
12: Flavio Nakagima (SP) e Gustavo Bertotto (RS)
13: Marco Fernandez (BA) e Douglas Noronha (SP)
14: Bino Lopes (BA) e Ygor Arakaki (SC)
15: Odarci Teco Nonato (SP) e Odirlei Coutinho (SP)
16: Alex Ribeiro (SP) e Rodrigo Wazlawick (SC)

Foto: Divulgação/Pedro Monteiro/SuperSurf

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam