Capitão de Fragata Luis Antonio Anidio Moreira que é comandate da Marinha em São Sebastião emite nota sobre o serviço precário de travessia de embarcação no Rio Una

Em virtude disso, todo o dispositivo foi retirado, após contato com os responsáveis e apreendido por esta Organização Militar. Sendo posteriormente realizado o contato com o Secretário de Governo da Prefeitura Municipal de São Sebastião, o Senhor Fábio Lopes, onde foram apresentadas alternativas, por este Delegado, para um serviço de travessia regularmente previsto nas Normas da Autoridade Marítima

Em virtude disso, todo o dispositivo foi retirado, após contato com os responsáveis e apreendido por esta Organização Militar. Sendo posteriormente realizado o contato com o Secretário de Governo da Prefeitura Municipal de São Sebastião, o Senhor Fábio Lopes, onde foram apresentadas alternativas, por este Delegado, para um serviço de travessia regularmente previsto nas Normas da Autoridade Marítima

MARINHA DO BRASIL
DELEGACIA DA CAPITANIA DOS PORTOS EM SÃO SEBASTIAO
NOTA À IMPRENSA
São Sebastião, SP, 06 de abril de 2016.
A Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião informa que, no dia 05 de abril de 2016, recebeu uma denúncia de que, para amenizar os impactos causados à população de Barra do Una, em decorrência das fortes chuvas que culminaram com a destruição da ponte em 29 de fevereiro passado, estaria ocorrendo um serviço precário de travessia, com embarcação, entre as margens do Rio Una e que o mesmo estaria colocando em risco a vida das pessoas e a segurança da navegação.
Cabe ressaltar que, o Comando desta Delegacia, em muito se solidariza com a população de Barra do Una e entende os transtornos causados em virtude das fortes chuvas na região. Entretanto, como agente da Autoridade Marítima, tem o dever de zelar pela salvaguarda da vida humana e pela segurança da navegação. No entanto, nada tem a opor ao serviço de travessia, pelo contrário, desde que seja realizado por embarcação devidamente regularizada e condutor habilitado (se equipada com motor), além de possuir material de salvatagem adequado a todos os tripulantes e passageiros previstos na lotação.
Desta forma, em atendimento à denúncia, uma viatura com três militares foi enviada ao local da travessia, onde foi constatado que uma pequena embarcação de alumínio realizava o serviço de transporte de passageiros, inclusive crianças, utilizando um serviço precário de cordas e roldanas e sem possuir condutor a bordo, expondo a vida das pessoas, em uma possível queda n’água, além de comprometer diretamente a segurança da navegação naquele local.
Em virtude disso, todo o dispositivo foi retirado, após contato com os responsáveis e apreendido por esta Organização Militar. Sendo posteriormente realizado o contato com o Secretário de Governo da Prefeitura Municipal de São Sebastião, o Senhor Fábio Lopes, onde foram apresentadas alternativas, por este Delegado, para um serviço de travessia regularmente previsto nas Normas da Autoridade Marítima.

São Sebastião, SP, em 06 de abril de 2016.
LUÍS ANTÔNIO ANIDIO MOREIRA
Capitão de Fragata
Delegado

Foto: Arnaldo Klajn/PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam